29 setembro 2005

essa cor

uma caminhada tranquila pelo vermelho
as durezas do olhar no espelho
nada como essa cor de tijolo
melhor que enfiar os meus dedos num bolo

se isso lhe parece um absurdo
aguarde as minhas próximas comparações

é melhor que lamber um pirulito escondido
melhor que um pouquinho de sorvete derretido
porque a sensação nao ocorre na minha barriga
nem poderia provar a fadiga

melhor que um copo de café com leite
porque a combinação não nos serve de enfeite
é sempre mais belo do que o amarelo
e dura bem mais que o meu chinelo

por isso afirmo com toda certeza
jamais se haverá maior beleza
do que a beleza dessa cor exuberante
ainda que nao seja brilhante

é fruto da relação do olho com a luz
e isso, ó vermelho, ninguém reproduz

2 comentários:

jomba jon disse...

pero.... very interesante.... hehheh....

pedpau disse...

Hun? Sinto-me no meio da aquarela, viajando um bocado mas com destino. Muito divertido!
Bem escrito!