10 novembro 2005

detalhe

2 comentários:

Paulo Sacramento disse...

Belo macro!

Pedro Paulo disse...

Já mais alguém faria esse retrato de Belfast, nunca passaria em minha mente essa cena e distante seria essa lembrança. Guardaria prédios pomposos, arquitetura européia, museu monstruoso, McDonalds barato, miséria inexistente, beleza pacata, estrada estreita, verde abundante, roça de primeiro mundo. Interessante como alguns reparam o que está esquecido, despercebido e corroido. Aprecio isso!