21 abril 2008

sobre mim

descobri que tenho dificuldade de falar sobre mim

falo do que eu sinto

confesso os meus medos

respondo sem mentir

confesso os meus segredos

mas não deixo claro nada

quem vê se engana

quem lê se espanta

acham que sou de tudo

acham que falo disso

alguns não acham nada

acham que falo daquilo

quem sabe?

quem saberá?

quem se importa?

quem se importará

quem vê as mudanças quando internas?

quando sutis? quando não ditas?

se a imagem é a mesma

sinto que tudo passa despercebido

sinto vontade de ser vista por dentro

vontade de falar sobre mim

vontade que me ouçam que me vejam

vontade de não usar palavras

vontade de arriscar

esperar mais um dia


Um comentário:

Lucas disse...

sinto o mesmo de mim