04 outubro 2005

pedro

Nossa proximidade nos aproxima
Suas palavras e minhas fotografias
Sua ausência me fere constante
Historia mutante rabiscos e traços

Meus dedos nos seus cabelos
Seus sentimentos nos meus olhares
Minha alegria num canto distante
Seus regozijos nos meus abraços

Meus dias esperam cansados
Por seus depoimentos visíveis
Versos pensados e boca elegante
Mãos que seguram firme meus braços

Nossos poemas nos fortalecem
Suas sobrancelhas e minhas harmonias
seus desajustes num canto distante
Minha constante alegria

4 comentários:

Anônimo disse...

Hi, I like your blog website. Some interesting reading thats for sure. Keep up the blogging! heh heh heh.

p.s. If you have a minute please visit my cheap isp site.You can find the best prices and discounts on cheap isp services. Thanks!

Anônimo disse...

Belíssimo poema Liz. Adorei. :-D
Paulo Sacramento

Ingrid disse...

Esse eu não quero comentar. Vc acertou , mas hoje eu não vou comentar. Bjo

Peu disse...

Honra-me tuas palavras, minha alma transborda com sua poesia
Alegria invade meu ser, anseio enorme me inquieta
O querer sempre me consome, pois as circustância não permitem
Estar todo dia nos seu braços, meu lugar preferido.